quinta-feira, 4 de março de 2010

ão ão ão ão ão. Xô Cão!

EStabamus a paxar á portita da Cãmara i istába Este papel nú xão. Cumu xomus munto axaeadas e curióxas apanhamus o papel e espreitamus lá pra dentro. E pruntu estaba desbendado proque é que o sinhor bereador, u sinhore doutor tinham ido ao talhu. Foram cumprar óssus pró cão.

3 comentários:

O Belogue da Martinha Lacerda disse...

Cá a velhota resolveu o problema. Vendeu o blog a um excêntrico que só passa música regional. Assunto resolvido.

Ti Hortênsia do Iselindo disse...

Ó dona Martinha intão o que é que bai fazer ao dinheirú? Num quere cuntribuir pra ajudar a pagar as díbidas? Paxava a ter direitu a uma estátua ao pé do xoldado Calado, mólher. Hein? O quê? Pere lá que tenhu que arregular aqui o aparelhu dos óbidus.

O Belogue da Martinha Lacerda disse...

AH AH AH AHA AHAH que rica vida aqui no brasil............